Menu Close

Como se tornar um critico gastronômico: Conheça essa profissão

É provável que grande parte das pessoas já tenha sonhado em se tornar um crítico gastronômico. Esta é, de longe, umas das profissões mais interessantes do mercado e engana-se quem pensa que se trata de um cargo fácil. É preciso desenvolver algumas habilidades únicas e ter um plano de carreira bem definido!

O seu objetivo é se tornar um crítico gastronômico? Então vale a pena conferir as informações a seguir para entender mais sobre essa profissão e como atuar na área:

O que faz um crítico gastronômico?

O crítico gastronômico precisa desenvolver diversas habilidades e uma delas é o paladar apurado. Afinal, será esse profissional o responsável por estabelecer um patamar de excelência na região que atua.

A função dele será degustar, avaliar e redigir uma crítica sobre o serviço, o atendimento e principalmente a comida de determinado restaurante ou estabelecimento.

Entre as muitas consequências da passagem de um críticos pelos restaurantes, está a valorização do mesmo. Além disso, suas críticas também funcionam como um registro gastronômico da cidade em que trabalha.

Esse registro, dependendo da crítica que for estabelecida, pode ser um atrativo para turistas, e valorizar a gastronomia do local, por exemplo.

O crítico precisa ser firme e possuir um grande poder discursivo para expressar da melhor forma, a sua experiência no restaurante selecionado, devendo gozar de honestidade e profissionalismo.

Qual a formação necessária?

Como mencionado, o profissional da área precisa desenvolver diversas habilidades e a expectativa é que as mesmas possam ser adquiridas durante a formação do mesmo.

Em primeiro lugar, você pode vir a se tornar um crítico ingressando no curso de Gastronomia, mas vale lembrar que ainda é preciso algumas especializações que lhe capacitem como escritor.

Da mesma forma, é o caso de quem optar por fazer Jornalismo, esperando atuar na área da Gastronomia. E possível, entretanto, podem ser exigidas algumas qualificações extras desses profissionais.

Afinal, a atuação do crítico gastronômico permeia entre as duas áreas, unindo o poder discursivo ao dom da culinária para redigir as críticas de qualidade.

Quanto recebe?

Quem se interessa pela área, com certeza deve estar se perguntando quanto ganha um crítico gastronômico. Bem, a média esperada para os diversos cargos da Gastronomia é de R$ 1.500.

A atuação do crítico gastronômico pode ser valorizada de maneira diferente no país, dependendo da cidade em que trabalha e dos estabelecimentos próximos.

Se trabalhar para algum jornal, revista ou site renomado, a expectativa é que a média salarial prevista ara os profissionais da Gastronomia seja um pouco maior.

7 melhores restaurantes da cidade de São Paulo

A cidade de São Paulo é conhecida por diversas coisas: por ser um centro de pesquisa, por ser uma metrópole incansável, por ser o centro da moda, por ser referência em educação no nível superior, entre outras diversas coisas. Mas a fama mais atrativa de São Paulo talvez seja as suas grandes possibilidades gastronômicas.

Se você mora ou está passando por São Paulo, vale a pena conhecer os restaurantes que separamos para vocês. Veja a seguir os 7 melhores restaurantes da cidade!

1- Cantina Gigio

O Cantina Gigio é considerado um restaurante bem tradicional da cidade e está localizado na Rua do Gasômetro, 254, no Brás. O local é referência em atendimento e qualidade dos pratos, além de possuir um cardápio de dar água na boca. Estabelecimento especialmente recomendado para quem adora experimentar uma comida italiana.

2- Café Girondino 

Enquanto isso, lá pelo centro de São Paulo, mais precisamente na Rua Boa Vista, 365, temos o Café Girondino, um ambiente que remete a história do local. O café preservou bastante de sua estrutura original e adicionou decorações da primeira metade do século passado. No Café Girondino, você irá provar doces e salgados e ainda conhecer um dos melhores chopps.

3. Era uma vez um Chalezinho

Vamos falar de locais românticos que só pela decoração já valem a visita? Estamos falando do Era uma vez um Chalezinho, que não recebe elogios só pelo seu interior! O estabelecimento fica na Rua Itapimirum, 11 – Morumbi e oferece um cardápio bastante internacional e uma grande variedade de fondues.

4. Nico Pasta & Basta

Ainda para quem não dispensa uma boa comida italiana, temos o restaurante Nico Pasta e Basta. O local é b astante procurado por oferecer delícias exclusivas no cardápio, como é o caso do Spaghetti alla Nico. E quem prefere os doces, não irá se decepcionar ao visitar o estabelecimento situado na Rua Costa Aguiar, 1586 – Ipiranga.

5. Huto Izakaya

Não podemos esquecer de trazer para vocês um local que ofereça uma das melhores comidas japonesas da cidade de São Paulo: o Huto Izakaya. O restaurante está localizado na Rua Doutor Jesuíno Maciel, 682 – Campo Belo, e o diferencial é que o cliente não precisa ficar escolhendo seus pedidos, isto fica na responsabilidade do metre.

6. Philippe Bistrô

Quem está em São Paulo buscando viver o máximo de experiências possíveis, precisa dar uma passadinha na R. Normandia, 103 – Moema, onde fica o Philippe Bistrô. A especialidade da casa é voltada para um cardápio super fra^ncês e todas as pedidas são de dar água na boca.

7. Santo Colomba

São Paulo é uma cidade muito variada, mas o destaque fica para os restaurantes italianos do local. Por isso, precisamos apresentar o Santo Colomba, que fica na Alameda Lorena, 1157 – Jardim Paulista. O estacionamento no local é gratuito, o que é um diferencial para a cidade. E quanto aos pratos: vale a pena conferir!

© 2019 LOVE GASTRO. All rights reserved.

Theme by Anders Norén.